Domingo, 23 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Naviraí segue trabalho para reduzir o déficit habitacional

De acordo com a gerente de Núcleo de Habitação Popular, Vera Braga, em Naviraí, existe um déficit de 8 mil unidades habitacionais, ou seja, 20% da população carece de um imóvel para morar

Uma das prioridades do prefeito Léo Matos é reduzir o déficit habitacional de Naviraí de forma significativa, para dar dignidade e qualidade de vida aos moradores que ainda vivem de aluguel e sonham com a casa própria. Para que isso aconteça, ele não vem medindo esforços junto ao governo federal e estadual em busca de recursos para construção de novas moradias.


De acordo com a gerente de Núcleo de Habitação Popular, Vera Braga, em Naviraí, existe um déficit de 8 mil unidades habitacionais, ou seja, 20% da população carece de um imóvel para morar. Mas, segundo a gerente esse número é irreal, e uma atualização no cadastro dos mutuários será realizado no próximos mês, devendo reduzir significativamente esse número.


Vera explica que a prefeitura adquiriu um novo programa que permitirá uma varredura em todo o cadastro identificando uma ligação entre pessoas da mesma família que se cadastram (marido e mulher) e até mesmo pessoas que já foram beneficiadas. "Algumas pessoas vendem e retornam para fila de espera", lamentou a gerente.


De acordo com o prefeito Léo Matos, está previsto para este ano o início das obras de um Conjunto Habitacional com 800 unidades, em parceria com o Governo do Estado, através de recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR). Ele lembra que o conjunto terá de 100 blocos com oito apartamentos cada. " Queremos realizar o sonho para quem não tem onde morar. Há muito a se fazer, mas iremos correr atrás para atingir o maior número de famílias possível", observou o prefeito.

Fonte: Assessoria
Data Postagem: 27/01/2014
PUBLICIDADE