Terca-Feira, 23 de Maio de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Consultor se deslumbra com potencial de Naviraí

De acordo com João Luis, Naviraí tem o perfil exigido, mas outros estudos técnicos devem ser feitos
Prefeito Léo Matos durante reunião no anfiteatro da Copasul. (Foto: Assessoria)

“Naviraí tem um potencial muito forte, e é possível a vinda da indústria sim”. Essas foram às palavras do consultor da JRB – Suporte Técnico, João Luis Bortolussi Rodrigues, enviado para Naviraí por um grupo americano que pretende investir na construção de uma indústria de descaroçamento de milho. Em reunião realizada na tarde desta quarta-feira (26) no anfiteatro da Cooperativa Agrícola Sul-mato-grossense (Copasul), representantes do setor do agronegócio, instituições financeiras e autoridades políticas conheceram a estrutura da empresa, assim como puderam apresentar a potencialidade do município.


De acordo com João Luis, Naviraí tem o perfil exigido, mas outros estudos técnicos devem ser feitos. “Precisamos de uma grande quantidade de bio massa energética, produzida através do eucalipto ou palha de cana que tem por finalidade gerar energia térmica e elétrica, e Naviraí possuiu esse perfil além de outros fatores, como uma numerosa plantação de grãos”, ressaltou o Consultor da JRB ao lembrar que, se Naviraí for escolhida a obra deve ser concluída em 16 meses.


O grupo americano visa instalar uma destilaria de milho para produção de etanol,  com a fabricação de 150 milhões de litros de álcool por ano. Para isso, será necessário a aquisição de 350 mil toneladas de grãos de milho. De acordo com dados do IBGE, a microrregião de Iguatemi que inclui Naviraí e outros 15 municípios, produziu 662 mil toneladas, quase o dobro do exigido.


Segundo o prefeito Léo Matos a indústria, se realmente for confirmada, deve gerar inúmeros empregos e aquecer ainda mais a economia do município. Ele lembra que uma de suas missões como gestor é buscar investimento para a cidade e isso será feito nos quatro anos da administração. “Estamos pensando no desenvolvimento de toda a cidade, hoje demos um grande passo para viabilizar essa empresa que será um marco divisor”, destacou o prefeito Léo Matos.

Fonte: Assessoria
Data Postagem: 27/03/2014
PUBLICIDADE