Domingo, 23 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Parceria com estado resulta em convênios para saúde de Naviraí

O evento foi durante um ato do Governo de autorizações de repasses financeiros e lançamento de obras nas áreas de saneamento, habitação e saúde, em Campo Grande e em diversos municípios
Foto: Assessoria

O Prefeito Léo Matos e o governador André Puccinelli assinaram convênio na manhã desta segunda-feira (31) em Campo Grande, prevendo a destinação de novos equipamentos para o hospital e aparelhos de informáticapara as unidades básicas de saúde. O evento foi durante um ato do Governo de autorizações de repasses financeiros e lançamento de obras nas áreas de saneamento, habitação e saúde, em Campo Grande e em diversos municípios.


O recurso para novos equipamentos médicos é resultados de ação do Deputado Federal Luis Henrique Mandetta (DEM). Os aparelhos destinados foram: 01 aparelho de anestesia, no valor de 45 mil, 02 foco cirúrgico de teto no valor de 55 mil, 02 aspiradores cirúrgicos que custaram 30 mil e 01 monitor multiparâmetro adquirido por 13 mil.


Além dos equipamentos hospitalares o prefeito recebeu 10 microcomputadores, destinados às unidades de saúde. “Esses aparelhos vão equipar as nossas salas de multivacinação” disse Léo ao enaltecer que tudo isso vai colaborando no processo de melhoria do serviço e por consequência do atendimento da população. Ao todo o estado distribuiu 471 computadores para as salas de vacina dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul.


MÉDICOS


O Prefeito de Naviraí Léo Matos, afirmou nesta segunda-feira que já determinou a gerente de saúde do município Anelize Andrade Coelho, a busca pela contratação de mais médicos para atendimento no plantão do hospital municipal. Esses profissionais viriam reforçar a equipe de plantonistas, objetivando agilizar o atendimento, evitando desta forma a redução do tempo de espera. Desde o ano passado, por decisão da administração os plantões estão sendo feitos por 2 profissionais, o número porém em alguns dias da semana não tem sido suficiente.


“Vamos tentar mais profissionais e colocar três médicos em cada plantão” ressalta o prefeito. Léo Matos sabe, no entanto, que encontrar profissionais disponíveis não é tarefa fácil, mas determinou que busque em todas as regiões do país, se for preciso. 

Fonte: Assessoria
Data Postagem: 31/03/2014
PUBLICIDADE