Segunda-Feira, 24 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Atlético supera lesões, busca 1 a 1 no Camp Nou e é campeão

Até este sábado, a última vez que o Atlético levantou o troféu nacional havia sido na temporada 1995/1996
Foto: Divulgação

Foi preciso esperar 18 anos e superar a perda de seu principal jogador na partida decisiva para ser de novo - e pela décima vez - campeão espanhol. Mas o Atlético de Madri conseguiu. Na última rodada da competição, que se transformou em final contra o Barcelona, a equipe treinada por Diego Simeone ficou sem o hispano-brasileiro Diego Costa logo no começo da partida disputada no Camp Nou e saiu atrás no placar, mas buscou o empate por 1 a 1 e conquistou o título.


Até este sábado, a última vez que o Atlético levantou o troféu nacional havia sido na temporada 1995/1996. Curiosamente, naquela edição, o argentino Simeone era volante da equipe. A conquista interrompe um período de domínio de Barcelona e Real Madrid, os quais se alternavam como campeões nos últimos dez anos. O último clube vencedor da Liga antes dos principais rivais da Espanha foi o Valencia, em 2003/2004.


Para que a história voltasse a ter no topo o Atlético (que faz incrível temporada e disputará também a final da Liga dos Campeões, contra o Real Madrid, em 24 de maio, em Lisboa), Simeone precisou superar muitas adversidades neste sábado. Além de Diego Costa, perdeu também Arda Turan e Adrián López, todos por lesão. Saiu atrás, com gol de Alexis Sánchez no primeiro tempo, porém chegou ao empate, com Godín, logo aos três minutos de um segundo tempo mais aguerrido.

Fonte: Gazeta Esportiva
Data Postagem: 17/05/2014
PUBLICIDADE