Domingo, 23 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Brasil vence a Croácia na estreia por 3 a 1

O resultado também manteve os anfitriões em Copa invictos
Foto: Divulgação

O Brasil conseguiu a duras penas manter o seu bom retrospecto em estreias de Copa do Mundo. Até então nossa seleção tinha 15 vitórias, dois empates e duas derrotas na primeira partida, a 16ª veio só com a ajuda da arbitragem, que assinalou um pênalti inexistente, assegurando o placar de 3 a 1.


O resultado também manteve os anfitriões em Copa invictos. Desde 1982, o Brasil venceu todas suas estreias, inclusive contra a Croácia em 2006, quando fez 1 a 0, gol de Kaká, que esteve na Arena Corinthians.


Assim, a caminhada do Brasil para hexa, começa da mesma maneira que começou a do penta, 12 anos atrás. Em 2002, sob o comando de Felipão, o Brasil venceu a primeira partida contra a Turquia por 2 a 1, também com um pênalti, sobre Luizão, inexistente.


O jogo começou bem para a Croácia. Aos oito minutos eles deram o primeiro susto na torcida brasileira, quando Olic cabeceou com perigo. Três minutos depois eles abriram o placar. Com um cruzamento rasteiro vindo da esquerda, Marcelo acabou tocando para o fundo das próprias redes.


O Brasil estava nervoso. Aos 27, Neymar deu uma cotovelada em um adversário e levou cartão amarelo. Houve um principio de confusão, logo contida. Mas dois minutos depois ele mostrou o que faz de melhor, recebeu a bola e avançou, chutou rasteiro, fora do alcance do goleiro para empatar a partida.


No primeiro tempo o destaque brasileiro foi Oscar, se movimentando bastante e roubando bolas, inclusive a que originou o gol de Neymar. Daniel Alves e Marcelo ficaram apagados, pois a Croácia aproveitava as laterais para avançar. Fred foi outro que pouco apareceu.


As equipes voltaram sem mudanças para a segunda etapa e o jogo continuou duro e com muita marcação. Com dificuldade de armação, Felipão fez a primeira alteração aos 18 minutos, Hernanes entrou no lugar de Paulinho.


Logo depois Neymar aproveitou a bobeira da zaga croata e roubou a bola e só foi parado com uma dura falta. Na sequência Bernard entrou no lugar de Hulk. Aos 23 Fred recebeu na área, tentou o giro e caiu sozinho, o árbitro marcou pênalti. Neymar bateu forte, o goleiro foi bem, mas não chegou na bola, 2 a 1 para o Brasil.


O final da partida guardou fortes emoções. A Croácia cresceu e foi para cima em busca do empate. Para segurar a pressão, Felipão fez a última alteração e triou Neymar para a entrada de Ramires.


Apesar da insistência croata, que obrigou Júlio César a fazer boa defesa, não deu certo e em um contra-ataque Oscar foi premiado pela boa atuação com um gol de bico, que fez a torcida que lotou a Arena Corinthians explodir em festa.

Fonte: G1
Data Postagem: 12/06/2014
PUBLICIDADE