Domingo, 23 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Catedral de Naviraí realizou solenidade de Corpus Christi

A solenidade do Corpo de Cristo é baseada nas tradições católicas
Foto: Assessoria

Durante quase três horas de muita fé e adoração, centenas de famílias concentraram-se na praça central para a Missa Campal, Procissão e Adoração ao Santíssimo Sacramento, na tarde e início da noite de quinta-feira (19-06) feriado nacional de Corpus Christi, em Naviraí.


A solenidade do Corpo de Cristo é baseada nas tradições católicas. É realizada na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, que, por sua vez, acontece no domingo seguinte ao de Pentecostes. Ao contrário dos anos anteriores, agora em 2014, a organização da Catedral Nossa Senhora de Fátima de Naviraí,  resgatou a confecção do tradicional “tapete artesanal”; e inovou ao aderir à tecnologia de captação de imagens através do VARP - Veículo Aéreo Remotamente Pilotado - mais conhecido como DRONE (Zangão, em inglês), testado pela primeira vez em nossa cidade pela equipe de TV local do canal 44 NahTV, que transmitiu ao vivo a celebração e fará reprises em sua programação nos próximos dias.  


A procissão pela rotatória original do mapa da cidade, denominada Praça Prefeito Euclides Fabris, realizada ao final da tarde do feriado de Corpus Christi, é uma recomendação do Código de Direito Canônico (cânone 944) que determina ao bispo diocesano que a providencie, onde for possível, "para testemunhar publicamente a adoração e a veneração para com a Santíssima Eucaristia, principalmente na solenidade do Corpo e Sangue de Cristo." A Santa Missa, que precedeu a procissão e adoração, foi presidida pelo Bispo da Diocese de Naviraí, Dom Ettore Dotti, e concelebrada  pelos Padres Alex Messias e Sidnei Rodrigues Ribeiro e Diácono Licino Firmino.   A reportagem do site “catedralnavirai.com.br” colheu algumas manifestações de participantes do evento como a esteticista Érika Queiróz da Paróquia Nossa Senhora de Fátima que disse ter observado por parte da grande maioria dos fiéis que foram à missa “notórias manifestações de Amor e Fé em Cristo”. Segundo Érika, o momento do ofertório foi bastante rico, pois todos foram convidados a apresentar diante do altar, principalmente, ‘a Vida, a Família’.


Na opinião do coordenador da comunidade Santo Antônio, Gildo Teixeira Barbosa a celebração da festa do Corpo de Cristo em Naviraí foi uma oportunidade para todos expressarem sua fé no Cristo Ressuscitado. “Não foi apenas um evento, mas sim, um momento único onde nós cristãos pudemos expressar a sede que temos do Cristo ressuscitado em nossas vidas”. O gerente de vendas da empresa Via Sul em Naviraí disse que tudo estava muito bonito ao destacar o empenho das comunidades e pastorais na confecção do tapete. “Foi um sucesso total onde mais uma vez confirmamos que unidos em Cristo somos mais” acredita Gildo Teixeira. 


A servidora pública, Yara Sakurai, por sua vez, revelou ter gostado da celebração e que ficou admirada com a criatividade de alguns. Ela até sugeriu que para o ano que vem a confecção do tapete, seja 100% artesanal. Quanto ao uso de novas tecnologias durante missa campal, como, por exemplo, o DRONE e o Telão de Léd, ela diz que fica muito bonito; ‘mas precisamos cuidar para que os fiéis não se distraiam durante as celebrações’!!


O acadêmico de Direito e Ministro Extraordinário da Eucaristia, na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, Adelvino Francisco Freitas, resumiu as horas vividas durante a missa campal nas seguintes palavras: “Um momento de Graças e Bençãos. Jesus Eucarístico caminha pelas ruas da nossa cidade, derramando suas bençãos sobre todos nós”.


A Eucaristia é um dos sete sacramentos e foi instituído na Última Ceia, quando Jesus disse: "Este é o meu corpo... isto é o meu sangue... fazei isto em memória de mim". Porque a Eucaristia foi celebrada pela primeira vez na Quinta-Feira Santa, Corpus Christi se celebra sempre numa quinta-feira após. Segundo Santo Agostinho, é um memorial de imenso benefício para os fiéis, deixado nas formas visíveis do pão e do vinho.


A TRANSUBSTANCIAÇÃO ocorre quando o pão se torna “carne”, e o vinho “sangue” de Jesus Cristo, em toda Santa Missa, mesmo que esta transformação da matéria não seja visível. Corpus Christi é celebrado 60 dias após a Páscoa, podendo cair, assim, entre as datas de 21 de maio e 24 de junho.

Fonte: PASCOM (Pastoral da Comunicação)
Data Postagem: 23/06/2014
PUBLICIDADE