Domingo, 30 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Líder Cruzeiro atropela Santos e São Paulo põe Palmeiras na zona

O Cruzeiro venceu o Santos por 3 a 0, no Estádio do Mineirão com mais de 40 mil torcedores
Foto: Divulgação

A 15ª rodada do Campeonato Brasileiro teve sequência, na tarde deste domingo, com mais cinco partidas. Destaque para o Cruzeiro, que atropelou o Santos e reassumiu a ponta, e para o São Paulo, que venceu o Choque-Rei e afundou o Palmeiras na crise e também na zona de rebaixamento. O Botafogo também venceu o clássico com o Fluminense e deixou a degola.


O Cruzeiro venceu o Santos por 3 a 0, no Estádio do Mineirão com mais de 40 mil torcedores, em Belo Horizonte, e retomou a liderança, agora com 33 pontos. O clube havia perdido a primeira colocação para o Internacional, que venceu o Goiás no dia anterior. O resultado em casa marcou a 10.ª vitória do clube mineiro e a terceira derrota seguida do time paulista, que caiu para a 10.ª colocação, aos 20 pontos.


ARTILHEIRO DA DISCÓRDIA


No aguardado duelo entre Palmeiras e São Paulo, o atacante Alan Kardec, motivo de atrito recente entre os dois clubes, decidiu o clássico, no Pacaembu. De cabeça, ele marcou o gol da vitória dos são-paulinos, por 2 a 1, aos 43 minutos do segundo tempo. Pato e Henrique, de pênalti, marcaram os outros gols.


O triunfo do São Paulo amplia a crise vivida pelo Palmeiras no campeonato. O time do ameaçado Ricardo Gareca chegou à nona partida sem vitória na competição. Para piorar, o Verdão está a um passo da zona de rebaixamento do Brasileirão. Com apenas 14 pontos, ocupa neste momento o 16º lugar, primeira posição logo acima da zona da degola. O Sampa é o quinto colocado, com 26.


ESTREIA COM VITÓRIA
O Grêmio fez a lição de casa na estreia do técnico Luiz Felipe Scolari na Arena do Grêmio. Jogando pela primeira vez em casa, o Tricolor Gaúcho venceu, por 2 a 0, o Criciúma, com gols de Lucas Coelho, de pênalti, e Luan sendo um em cada etapa da partida. O jogo foi marcado pelo forte poder de marcação e com poucas chances criadas pelas equipes.


Com o resultado o Grêmio foi a 22 pontos, assumiu a oitava posição, mas ainda pode ser ultrapassado pelo Sport que não jogou na rodada. Porém, independente deste resultado o time


gaúcho segue na zona de classificação da ao Sul-Americana e distante quatro pontos da Libertadores da América. O Criciúma segue ameaçado com 16 pontos.


MAIS JOGOS
O Flamengo conseguiu sua segunda vitória consecutiva ao bater o Coritiba, por 1 a 0, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba. O time carioca não jogou bem, mas fez o suficiente para deixar a zona de rebaixamento, com 16 pontos, em 13.º lugar. O Coxa continua na lanterna, com apenas 12 pontos.


Os jogadores de Vitória e Chapecoense correram bastante, mas não conseguiram sair do 0 a 0, no Barradão, em Salvador. O resultado não foi bom para a equipe baiana, que segue muito próxima da zona de rebaixamento, agora com 15 pontos - apenas um à frente do rival Bahia, o primeiro do grupo dos quatro últimos. Já a Chape ficou satisfeita com o empate fora de casa. Com 16 pontos, ocupa o 12º lugar da tabela.


O Fluminense sofreu dois gols, tentou reagir com uma forte pressão no fim da partida, mas o Botafogo venceu por 2 a 0 no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Com o resultado, o Tricolor se manteve em quarto lugar na competição, com 26 pontos. Já o Botafogo deixou a zona de rebaixamento, com 16 pontos, na 12ª posição.


O Sport empatou com o Atlético Paranaense por 1 a 1, no estádio da Ilha do Retiro, no Recife. Em um gramado danificado, em razão de um tratamento pelo qual passa, os dois gols saíram em jogadas de bola parada. Com o resultado, o time paranaense continua em sétimo lugar, com 23 pontos. Já o clube pernambucano caiu da oitava para a nona colocação, com 22 pontos.


O Figueirense desperdiçou ótima chance de permanecer fora da zona do rebaixamento ao empatar com o Atlético-MG, por 2 a 2, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, mesmo tendo feito ótima partida no segundo tempo. Com o resultado o Figueira foi a 14 pontos, mas entrou na zona do rebaixamento ao cair duas posições e ficar em 18º lugar no Brasileirão. O Atlético-MG foi a 25 pontos e não conseguiu.


 

Fonte: Futebol Interior
Data Postagem: 18/08/2014
PUBLICIDADE