Segunda-Feira, 24 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

BRASILEIRÃO: Trio de ferro tropeça, Cruzeiro dispara e Palmeiras dá sorte

Foto: Divulgação

As torcidas de Santos, São Paulo e Corinthians não tiveram motivos para comemorar na tarde deste domingo, no complemento da 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, que teve oito jogos. O trio não conseguiu vencer e viu o Cruzeiro aumentar ainda mais a vantagem na liderança do Brasileirão. Quem também se deu bem foi o Palmeiras. Mesmo sendo derrotado, o Verdão vai ficar fora da zona de rebaixamento.


No duelo direto pelo G4, Corinthians e Fluminense fizeram grande duelo, cheio de alternativas, bolas na trave e até gol anulado, na Arena Itaquera, em São Paulo, mas empataram por 1 a 1 e perderam a oportunidade de assumir a vice-liderança. Com o resultado, os times mantiveram as colocações. O Timão é o quarto, com 32 pontos, enquanto o Tricolor é quinto com 30.


Outro concorrente direto, o São Paulo foi até Florianópolis e voltou com um ponto após empatar com o Figueirense, por 1 a 1, no Estádio Orlando Scarpelli. O Tricolor teve trabalho para furar a defesa catarinense que teve o goleiro Tiago Volpi em tarde inspirada, mas o experiente Ceni garantiu o resultado ao marcar em penalidade bastante contestada pelo Figueira.


Sendo assim, o São Paulo caiu para a terceira posição, com 33 pontos, perdendo a vice-liderança para o Inter, que derrotou o Palmeiras, no último sábado, por 1 a 0. O Figueira de Argel Fucks deu mais um passo contra o rebaixamento e subiu para 21 pontos, em 13º.


ALÍVIO
No Maracanã, após a polêmica do caso de racismo contra o goleiro Aranha, o Santos não foi páreo para o Botafogo e acabou derrotado por 1 a 0. O meia Daniel, uma das esperanças da reação botafoguense fez belo gol no segundo tempo e levou o time para o 11º lugar, com 22 pontos. O Santos vem logo acima com 23.


Quem ficou aliviado neste domingo foi atacante Neto Baiano. Sem marcar há oito jogos, o camisa 9 encerrou o jejum na vitória do Sport sobre o Criciúma, por 2 a 0, na Ilha do Retiro, em Recife. Os pernambucanos pegaram o elevador e subiram para o sexto lugar, com 28 pontos, enquanto o Tigre perdeu a chance de deixar a zona de rebaixamento e segue em 17º lugar, com 17 pontos. Tentando encostar nos primeiros colocados, o Atlético-MG decepcionou seu torcedor ao empatar sem gols com o Coritiba, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba. O Galo caiu para o sétimo lugar, com 27 pontos, enquanto o Coxa segue na degola, em 18º, com 16 pontos. Quem comemorou foi o Palmeiras, que respira fora da zona de rebaixamento.


QUE SORTE HEIN, VERDÃO...


O grande beneficiado na noite deste domingo no complemento da rodada foi o Palmeiras. O Verdão contou com tropeços de Bahia e Vitória para seguir fora da zona de rebaixamento. O Rubro-Negro foi derrotado pelo Flamengo, por 2 a 1, no Estádio do Barradão, em Salvador, e segue na lanterna, com 15 pontos. Os cariocas subiram para o nono lugar, com 25, e se livraram de vez da degola.


O Flamengo chegou à quinta vitória seguida, pulando da lanterna para o nono lugar. Desde 2007, o time carioca não emenda uma sequência como esta. Já o Bahia seguiu a "miniturnê" no Sul e, ao contrário do bom desempenho na Sul-Americana, onde derrotou o Inter, no Beira-Rio, perdeu para o Grêmio por 1 a 0, na Arena Grêmio. Os comandados de Gilson Kleina estão em penúltimo lugar, com 16 pontos, enquanto o Tricolor chegou ao sexto lugar com 28.


No outro confronto da noite, o Goiás encerrou uma série de cinco derrotas seguidas ao bater o Atlético-PR, por 1 a 0, no Serra Dourada, em Goiânia. O Esmeraldino subiu para o 12º lugar, com 23 pontos, o Furacão segue em queda livre, com 24, em décimo lugar


 

Fonte: Futebol Interior
Data Postagem: 01/09/2014
PUBLICIDADE