Terca-Feira, 25 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

E-mails enviados em nome da Justiça Eleitoral podem conter vírus

A orientação para quem recebe um comunicado eletrônico desse tipo é não abrir o email, não responder e nem repassar a mensagem e não clicar em nenhum link

Se você receber uma mensagem em nome da Justiça Eleitoral, desconfie. Criminosos da internet têm aproveitado a proximidade das eleições para enviar mensagens falsas em nome do Tribunal Superior Eleitoral. Os assuntos são diversos desde cancelamento de título de eleitor até convocação de mesários e regularização de cadastro.


A orientação para quem recebe um comunicado eletrônico desse tipo é não abrir o email, não responder e nem repassar a mensagem e não clicar em nenhum link. O Tribunal Superior Eleitoral informa que não envia e-mails a eleitores. Os únicos que podem eventualmente mandar mensagens eletrônicas são os Tribunais Regionais Eleitorais. Mas eles só fazem isso com autorização prévia do eleitor.


A Justiça Eleitoral lembra que também não faz nenhum tipo de visita à residência das pessoas. Portanto, se alguém bater em sua porta alegando que precisa coletar informações dos eleitores, não atenda. Quem precisa fazer algum serviço que envolva órgãos eleitorais deve procurar um cartório eleitoral.

Fonte: Rádio 2
Data Postagem: 24/09/2014
PUBLICIDADE