Terca-Feira, 23 de Maio de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Impiedoso, Santos atropela Botafogo e encara Cruzeiro nas semifinais

Agora, a missão fica mais complicada. Para ir à decisão, o alvinegro praiano terá que superar o poderoso Cruzeiro em mais dois confrontos diretos
Foto: Divulgação

O Santos não tomou conhecimento do Botafogo na noite desta quinta-feira, no Pacaembu. Mesmo após ter vencido no Maracanã por 3 a 2, o Peixe partiu para cima desde o apito inicial e fez 3 a 0 logo no primeiro tempo com Gabriel, David Braz e Lucas Lima. Na etapa complementar, o zagueiro santista voltou a marcar e Geuvânio fechou a goleada por 5 a 0. O resultado confirmou o time de Enderson Moreira nas semifinais da Copa do Brasil com um placar agregado de 8 a 2.


Agora, a missão fica mais complicada. Para ir à decisão, o alvinegro praiano terá que superar o poderoso Cruzeiro em mais dois confrontos diretos. A Raposa avançou depois de eliminar o ABC de Natal, mas vive seu pior momento desde o início da temporada, com três derrotas seguidas, somando o Campeonato Brasileiro. Do outro lado da chave, Flamengo e Atlético-MG, que desclassificaram América-RN e Corinthians, respectivamente, fazem clássico. O sorteio que definirá as datas e a ordem dos mandos acontece nesta sexta-feira, as 14 horas.


Sem tempo para comemorar a classificação e a atuação de gala, o time de Vila Belmiro já se prepara para o clássico contra o Palmeiras, no mesmo Pacaembu, as 16 horas de domingo. Enquanto isso, o Botafogo junta os cacos para receber o Sport no mesmo dia, mas as 18h30.


Impiedoso - Santos se impõe no Pacaembu


Pela escalação do Peixe divulgada antes da partida já dava para perceber que o alvinegro praiano não pretendia se apegar ao regulamento e à vantagem de ter vencido o primeiro duelo por 3 a 2, no Maracanã.


E logo aos cinco minutos tudo ficou mais fácil para o Santos, no Pacaembu. Lucas Lima deu belo passe nas costas do lateral botafoguense e Mena cruzou para Gabriel só escorar. 1 a 0 e fim de jejum para o camisa 10, que não marcava há dez jogos (desde o clássico contra o São Paulo, dia 24 de agosto).

Fonte: Gazeta Esportiva
Data Postagem: 17/10/2014
PUBLICIDADE