Segunda-Feira, 01 de Maio de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Valorização de imóveis faz Naviraí reavaliar Planta Genérica

A lei atende também a determinação do Tribunal de Contas seja feita a correção pelo menos a cada quatro anos.

A Prefeitura de Naviraí por intermédio da gerência de receita já encaminhou para a Câmara Municipal o projeto de Lei que prevê a reavaliação da planta genérica do setor imobiliário, devendo, se aprovado, promover a correção dos valores dos imóveis da cidade. A lei atende também a determinação do Tribunal de Contas seja feita a correção pelo menos a cada quatro anos.


De acordo com o responsável pela receita municipal, Moisés Bento da Silva Junior, não há mudança na alíquota do IPTU – Imposto Predial e Territorial Urbano não está sendo aumentado. A planta genérica existe exatamente para isso, ser modificada, atendendo a valorização de acordo com a situação de mercado.


Moisés explica que desde 2006 o valor venal dos imóveis da cidade não é reajustado. A última reavaliação foi na gestão do Prefeito Euclides Fabris, sendo feita uma correção superficial na administração do Prefeito Zelmo de Brida. De acordo com os técnicos do município, em alguns casos, terrenos e residências estão desvalorizados. Ele lembra que o percentual reajustado passou por uma comissão formada por: corretores de imóveis; construtores; imobiliárias e ITBIs avaliados pela Caixa Econômica Federal (CEF).


“Queremos esclarecer a população que a alíquota do IPTU está sendo mantida, o que estamos fazendo é corrigir os valores dos imóveis que estão defasados por vários anos. Existem imóveis registrados aqui valendo R$9 mil, na verdade eles valem R$60 mil. O que está sendo feito é uma correção no valor. Mas, os imóveis também acabam sendo valorizados”, explicou o gerente.

Fonte: Assessoria
Data Postagem: 06/12/2013
PUBLICIDADE