Segunda-Feira, 24 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Forte e vingador: Atlético-MG põe mais um milagre na coleção

Galo, ao golear o Flamengo no Mineirão, inverte pela quinta vez uma desvantagem de 2 a 0 neste século e assegura vaga inédita na decisão da Copa do Brasil
Foto: Divulgação

O roteiro se repete. Mais uma vez ao som dos gritos de "eu acredito", o Atlético-MG superou a desvantagem de ter perdido por 2 a 0 no jogo de ida. O gol de Luan, aos 39 minutos do segundo tempo, selou a goleada por 4 a 1 sobre o Flamengo e a classificação. Foi a quinta vez que o Galo conseguiu esse feito no século, sendo a terceira na Copa do Brasil.

A primeira delas foi em 2006, contra o Fortaleza. Após perder por 2 a 0 em casa, o Atlético-MG, então na segunda divisão, venceu por 3 a 1 no Castelão e se classificou pelo número de gols marcados fora de casa. Zé Antônio, aos 40 minutos do segundo tempo, fez o gol da classificação.


No ano passado, o Galo precisou inverter a vantagem duas vezes para conquistar a Taça Libertadores, maior título de sua história. Contra o Newell's Old Boys-ARG, na semifinal, repetiu o placar no Independência - gols de Bernard e, no finzinho, Guilherme - e venceu nos pênaltis, com Victor pegando a última cobrança. Contra o Olimpia, na decisão, o roteiro se repetiu, desta vez no Mineirão. Jô e Leonardo Silva marcaram.

A última virada havia sido nas quartas de final da Copa do Brasil deste ano, contra o Corinthians. Derrotado por 2 a 0 no jogo de ida, o Atlético-MG venceu por 4 a 1, assim como nesta quarta-feira. O gol da classificação foi marcado por Edcarlos, aos 42 minutos do segundo tempo.


Nenhum outro clube brasileiro tem números semelhantes aos do Galo neste século, contabilizadas Copa do Brasil, Libertadores e Sul-Americana. Palmeiras, Vasco, Fortaleza e Criciúma conseguiram duas vezes passar por cima de uma desvantagem por 2 a 0 (ou mais) na partida de ida. Todos os demais ou jamais alcançaram o feito ou se resumiram a apenas uma virada desse tamanho.


 

Fonte: G1
Data Postagem: 06/11/2014
PUBLICIDADE