Sbado, 29 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Naviraí deve movimentar R$ 24,5 milhões no período natalino

Foto: Ilustração

O Instituto de Pesquisa Fecomércio-MS em parceria com a Fundação Manoel de Barros, a Uniderp Anhanguera, a Fecomércio–MS e o Sindicato do Comércio Varejista de Naviraí, realizaram pesquisa de opinião pública no comércio de Naviraí, sobre a expectativa do uso do 13° salário e das compras para as comemorações Natalinas 2014.


A PESQUISA FOI REALIZADA JUNTO AOSHABITANTES ECONOMICAMENTE ATIVOS DACIDADE, empregando um questionamento direcionado, com 200 amostragens.


Os resultados apontaram que neste Natal estima-se que deverá circular no comércio de Naviraí R$ 24,5 milhões, sendo R$ 19,3 milhões do salário de novembro pago no início de dezembro, mais uma parcela de R$ 5,2 milhões do saldo do 13°. Salário dos empregados formais, sem considerar as parcelas que deverão receber os aposentados, os pensionistas e as empregadas domésticas. Um importante valor para o setor de comércio e serviços.


Da população economicamente ativa, 55% deverão receber 13° salário e desse montante 56% já receberam uma parcela durante o transcorrer de 2014. A parcela do 13° salário deverá servir para pagar contras em atraso (15%), poupança (10%), compras de Natal (14%) e reserva para as contas do inicio do ano (16%), entre outras aplicações.


Como parte deste montante irá para as compras de Natal, estima-se que nesta cidade deverá circular aproximadamente R$ 3 milhões em compras de pelo menos um presente, com presentes no valor médio de R$ 145,00, pois 90% dos consumidores disseram que irão ás compras, podendo comprar até 3 presentes (34%).


Deverão receber presentes as mães (18%), pais (7%), filhos (27%) e esposos (17%). Grande parte dos presentes deste Natal será roupas (28%), brinquedos (23%), calçados (12%) e perfumaria (4%).


A pesquisa aponta ainda que as compras serão à vista com dinheiro (39%), com o uso do cartão de débito (8%¨) ou com o cartão de crédito (12%). Pagamentos parcelados com o uso do cartão de crédito é a escolha de (15%) dos compradores e as quais serão divididas em até 4 parcelas (41%).


As lojas do centro são as escolhidas por 94% dos consumidores, 1% nas lojas dos bairros, destacando-se as compras pela internet, escolha de 5% dos compradores. Os consumidores consideram como itens decisivos para as compras nas lojas por preço (29%), atendimento (27%) e promoção (27%).


A população economicamente ativa de Naviraí percebe uma melhoria das suas condições financeiras em 2014 quando comparada com o acontecido em 2013, pois (57%) diz que está melhor. Estes têm uma esperança no seu futuro financeiro, sendo que (58%) acreditam que estarão melhores em 2015.


Paulo Schmitz, presidente do Sindivarejo, acredita que a tendência dos valores aqui especificados deva ser superada em até 20%, pois o comércio local está estruturado para conquistar esse percentual adicional de clientes de toda a região que devem vir a Naviraí efetuar suas compras.

Fonte: Portal do MS
Data Postagem: 01/12/2014
PUBLICIDADE