Quinta-Feira, 27 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Piloto não tinha habitação para voar com aeronave que transportava Eduardo Campos

Piloto e co-piloto responsáveis pelo voo que transportava Eduardo Campos não tinham habilitação específica para comandar a aeronave. É o que afirmou o tenente-coronel Raul de Souza, do Cenipa, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aéreos, responsável pela apuração sobre o acidente que matou sete pessoas, entre elas o ex-candidato à presidência Eduardo Campos.


O avião de modelo Cesna caiu em Santos, no litoral paulista, em agosto do ano passado.


De acordo com o Cenipa, a investigação não tem como proposta apontar culpados, mas identificar as causas para prevenir futuros acidentes.


O órgão informou ainda que o avião em que viajava o ex-presidenciável Eduardo Campos não se chocou com uma ave e nem com outro objeto. Além disso, foi descartado incêndio na aeronave antes da queda, em Santos.


O tenente-coronel Raul de Souza disse também que o trem de pouso do aparelho estava recolhido na hora do acidente e as evidências revelam que a aeronave não caiu de cabeça para baixo, como havia suspeita. Ele afirmou ainda que o piloto fez um trajeto diferente do previsto na carta de navegação.

Fonte: Rádio 2
Data Postagem: 27/01/2015
PUBLICIDADE