Domingo, 23 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

PF abre inquérito para investigar corrupção no futebol, diz ministério

Segundo ministro da Justiça, investigação será em conjunto com o MP. Inquérito vai apurar se crimes apurados pelo FBI foram cometidos no Brasil.

A Polícia Federal abriu inquérito nesta quinta-feira (28) para apurar se foram cometidos no Brasil crimes ligados ao suposto esquema de corrupção no futebol investigado pelo serviço de inteligência norte-americano, o FBI, informou a assessoria do Ministério da Justiça.


O inquérito foi instaurado por determinação do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. De acordo com o ministro, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, foi informado sobre a decisão. Segundo Cardozo, ele e Janot vão se reunir para acertar uma atuação conjunta entre PF e Ministério Público Federal na investigação.


"Determinamos a abertura de inquérito policial para investigação dos fatos, ou seja, a PF já determinou a abertura, e o inquérito correrá pela Superintendência do Rio de Janeiro, por força da competência da PF local. Por essa razão, vamos apurar, e a orientação do Ministério da Justiça é que as investigações sejam feitas com seriedade. Vamos buscar coletar todas as provas e situações para averiguar se há ocorrência de crimes", declarou o ministro na tarde desta quinta no Palácio do Planalto.


Nesta quarta-feira (27), o FBI prendeu sete dirigentes da Federação Internacional de Futebol (Fifa) suspeitos de envolvimento em esquema de corrupção no futebol. Entre os presos está o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) José Maria Marin.


Duas das linhas de investigação do FBI estão relacionadas com o futebol brasileiro. Uma delas apura suspeita de superfaturamento do contrato da CBF com uma empresa de fornecimento de material esportivo. Outra apura a compra de direitos de transmissão por agências de marketing esportivo de Copa América Centenária, edições da Copa América, Libertadores da América e Copa do Brasil.


"O Brasil fará sua própria investigação e não cabe a nós pré-julgar absolutamente nada. Vamos aguardar as investigações para termos conclusões a respeito", declarou Cardozo.


O Ministério da Justiça informou que, entre os crimes que, em princípio, serão investigados, estão os de evasão de divisas e lavagem de dinheiro.


Pela manhã, antes da abertura do inquérito, o ministro afirmou em entrevista coletiva que só poderão ser investigados delitos tipificados pela legislação brasileira.


"Se, no caso – e vamos estudar isso –, houver – e é bem provável que tenha – delitos configurados perante a legislação brasileira, a Polícia Federal [...] fará investigações rigorosas com relação a isso", disse.


Nesta quinta, foi lido no plenário do Senado o requerimento apresentado pelo senador Romário (PSB-RJ) para criação da CPI do Futebol. O objetivo será investigar a Confederação Brasileira de Futebo (CBF). O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou que, nesta sexta-feira (29), pedirá aos líderes partidários que indiquem os integrantes da CPI para que os trabalhos da comissão possam se iniciar "imediatamente".


Nota


Leia abaixo a íntegra de nota divulgada pelo Ministério da Justiça


PF investigará se suposto esquema de corrupção atingiu o Brasil


Brasília, 28/5/15 - Por solicitação do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, a Polícia Federal abre hoje (28) um inquérito para investigar se foi praticado no Brasil crime relacionado ao suposto esquema de corrupção envolvendo dirigentes de futebol. O processo tramitará na Superintendência da PF no Rio de Janeiro. A decisão foi comunicada ao gabinete do Procurador Geral da República, Rodrigo Janot. Cardozo e o procurador-geral vão se reunir nos próximos dias para acertar detalhes sobre o a

Fonte: a tribuna ms
Data Postagem: 30/05/2015
PUBLICIDADE