Quarta-Feira, 26 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Com três de Guerrero, Peru vence Bolívia e pega o Chile na semifinal

Na noite desta quinta-feira, Bolivia e Peru se enfrentaram em Temuco em mais uma partida das quartas de final da Copa América, em Temuc. Em noite inspirada de Paolo Guerrero, Ricardo Gareca contou com um bom início da sua equipe para bater a equipe boliviana por 3 a 1. O resultado coloca o Peru frente a frente com o Chile, na semifinal da competição.


Peru e Bolívia eram, entre as oito equipes classificadas para as quartas de final de Copa América, as que menos reuniam expectativas ao início da competição. No entanto, ambas as seleções fizeram uma boa campanha na primeira fase, avançando na segunda posição e surpreendendo seleções como a Colômbia e o Equador.














(Foto: AFP)



O Jogo
O Peru apostou em uma marcação forte, apertando a saída de bola do adversário nos primeiros minutos de jogo. E tática de Ricardo Gareca deu certo. Melhor desde o começo, o Peru teve mais posse de bola, criou as melhores oportunidades e largou na frente.


Aos 15 minutos, Farfan cobrou escanteio pela direita e Sánchez aproveitou a confusão na área, após o bate e rebate, para finalizar para o gol. A bola foi no canto esquerdo de Quiñonez, mas Hurtado apareceu em baixo da trave para afastar. A pressão peruana só aumentava e aos 20 minutos ela se transformou em gol. Vargas foi lançado na ponta esquerda do campo e fez o cruzamento no meio da área. Guerrero apareceu entre os zagueiros, saltou mais alto do que a marcação e testou com força para anotar o seu primeiro gol na competição.


Dois minutos depois, Cueva arrancou em contra-ataque pela esquerda e viu bem a passagem de Guerrero no meio. Ele lançou o atacante, que entrou na área e finalizou de primeira, no fundo da rede do adversário. O segundo gol acordou a Bolívia, que começou a se arriscar mais no ataque. Aos 26 minutos, Morales recebeu a bola próximo da área e mesmo apertado pela marcação arriscou o chute. A pelota passou tirando tinta do travessão e quase surpreendeu o goleiro Gallese.


Já aos 30, Smelberg cobrou falta na lateral esquerda, alçou a bola no primeiro pau e Moreno apareceu para desviar de cabeça. No entanto, Gallese foi muito bem no lance e com reflexo apurado salvou o Peru de levar o primeiro.


Precisando ao menos de dois gols para levar a partida para as penalidades, a Bolívia veio mais ligada para o segundo tempo. Com uma boa vantagem construída na primeira etapa, o Peru voltou mais cauteloso, apostando nos contra-ataques.


A primeira boa chegada saiu aos 3 minutos. Escobar cobrou falta pela direita no meio da área e encontrou Lizio, que sem marcação testou para o gol. Gallese foi bem, fez a defesa, mas o auxiliar já levantava a bandeira e marcava o impedimento. O Peru respondeu aos 19 minutos em contra-ataque rápido. Yotún viu bem a passagem de Farfan na direita, acertando um lindo passe. O atacante entrou livre na área, arriscou o tiro cruzado, mas viu a bola passar tirando tinta da trave direita de Quiñonez.


Sete minutos depois, Chumacero aproveitou a brecha na marcação e arriscou o tiro da ponta direita da área. Porém, a bola subiu de mais e passou sobre a baliza. E, se a Bolívia não aproveitou sua chances, Guerrero, que estava em uma noite inspirada,também contou com a sorte. Aos 30 minutos, o atacante peruano aproveitou o erro de passe de Bejarano para roubar a bola. Livre de marcação, ele arrancou em direção à área e na sequência bateu tirando do goleiro para fazer o seu terceiro no jogo.


Aos 39 minutos, Lizio foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti para a Bolívia. Marcelo Moreno foi para a batida e cobrou com perfeição, no meio do gol, marcando o de honra da seleção boliviana.


O Peru enfrenta agora a seleção anfitriã na semifinal. O duelo será na próxima segunda-feira, às 20h30, em Santiago.

Fonte: fatimanews
Data Postagem: 26/06/2015
PUBLICIDADE