Sexta-Feira, 28 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

25% dos condenados voltam a cometer crimes

Levantamento realizado em cinco estados brasileiros mostra que pelo menos um em cada quatro condenados no país volta a cometer crimes no prazo de cinco anos. Normalmente, por roubo e furto. O perfil do reincidente: jovem, do sexo masculino e com baixa escolaridade.


As coclusões fazem parte de um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a pedido do Conselho Nacional de Justiça. Foram analisados quase 900 processos nos estados de Alagoas, Minas Gerais, Pernambuco, Paraná e Rio de Janeiro.



Um dos dois acusados que matou o jovem Alex Schomaker, de 24 anos, em um ponto de ônibus já tinha sido condenado por assalto a mão armada. Após a liberdade, ele cometeu o mesmo crime. Uma rotina de violência na vida dele e do comparsa, que na delegacia foram reconhecidos por 18 vítimas.



“Se ele tivesse preso, não teria matado meu filho”, afirma Mausy Schomacker, mãe da vítima.



O Brasil é o quarto país com a maior população carcerária no mundo, atrás de Rússia, Estados Unidos, China e Rússia. Na avaliação do pesquisador Francisco Ramos de Farias, que estuda o tema há mais de 20 anos, o índice de reincidência na verdade pode chegar a 70%.


Um caso recente chamou a atenção pela ficha criminal do assassino. Edvardo Camelo Costa, de 47 anos, acusado de matar o office boy Alexandre de Oliveira numa estação de metrô no centro do Rio, tem seis passagens pela polícia com duas condenações por roubo e estelionato. Ele estava em liberdade condicional desde março.

Fonte: correio do estado
Data Postagem: 16/07/2015
PUBLICIDADE