Sexta-Feira, 28 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Joinville e São Paulo tentam, mas não alteram o placar

O Joinville recebeu nesta quarta-feira o São Paulo para tentar somar pontos na luta contra o rebaixamento. Em uma partida movimentada, com boas chances para os dois lados, os atacantes acabaram errando a mira e o jogo terminou com o mesmo placar que começou, 0 a 0.

A partida começou bastante movimentada com o Joinville tentando ir para o ataque, mas pecando no último toque. Depois de quase 15 minutos de tentativas do time catarinense, o São Paulo chegou com perigo pela primeira vez. Pato teve a chance de marcar, mas o zagueiro Bruno Aguiar fez o desarme na hora certa.

Aos 19 minutos o Tricolor Paulista colocou a bola na trave de Agenor. Após jogada de Pato na esquerda, Wilder chegou chutando e a bola desviou na zaga e explodiu no poste. O São Paulo passou a ser melhor no jogo e chegou a perder grande chance com Michel.

No fim da primeira etapa, o Joinville voltou a assustar. Primeiro aos 42 minutos em um lance que gerou muita reclamação do São Paulo, que colocou a bola para fora depois do jogo ser paralisado, mas os catarinenses não devolveram e quase marcaram na sequência.  Dois minutos depois Edgar Junior cabeceou e a bola bateu nas duas traves, mas não entrou.

O São Paulo respondeu na sequência com Michel Bastos, que chegou na cara do gol, mas tocou para fora. Ainda houve tempo para o Joinville tentar mais uma vez com Marcelinho Paraíba chutando de longe.

A partida seguiu movimentada na segunda etapa, com as duas equipes indo para o ataque e criando chances. O Joinville conseguiu acertar a trave de Renan Ribeiro mais uma vez e aos 34 minutos perdeu chance incrível de abrir o placar, mas após confusão na área Marcelinho Paraíba mandou a bola pra muito longe.

Os minutos finais foram do Joinville tentando fazer uma pressão e o São Paulo arriscando o contra-ataque, mas o placar não saiu do zero. Assim, o São Paulo vai a 35 pontos, enquanto o Joinville vai a 20, ainda na penúltima colocação.

Fonte: correio do estado
Data Postagem: 03/09/2015
PUBLICIDADE