Quarta-Feira, 26 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Willian faz 4 e Cruzeiro massacra Figueirense no Mineirão

Na estreia do técnico Mano Menezes, Raposa venceu Figueirense por 5 a 1

No fim de semana do aniversário de 50 anos do Mineirão, o Cruzeiro deu presente ao estádio ao golear o Figueirense na manhã deste domingo, por 5 a 1, pela 23ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro . Inspirado, Willian – reserva com Luxemburgo – marcou quatro gols, e Vinícius Araújo anotou outro, garantindo o triunfo na estreia de Mano Menezes como técnico celeste e uma maior distância da degola. Pelo lado dos catarinenses, Marquinhos Pedroso foi quem balançou as redes.


Com o resultado positivo, os donos da casa subiram para a 13ª colocação da tabela, onde estão com 28 pontos. Os visitantes, por sua vez, permaneceram com 26 somados, mas desceram na classificação e continuam sofrendo para fugir da zona de rebaixamento.


Pela 24ª rodada, o Cruzeiro tem compromisso marcado com oFlamengo no Maracanã, às 21 horas (de Brasília) da próxima quinta-feira. Já o Figueirense enfrenta o Atlético-PR no Orlando Scarpelli, na quarta, no mesmo horário.


A Raposa abriu o placar com apenas três minutos de bola rolando. Em lateral cobrado por Pará da direita, a zaga adversária cortou mal, e Willian ficou com a sobra na entrada da área, matou no peito e chutou forte para balançar as redes. Alguns jogadores rivais chegaram a reclamar de toque da bola no braço do atacante, o que não foi levado em consideração pelo árbitro.


Os mineiros voltaram a assustar aos 20. Em cobrança de falta, Manoel subiu e cabeceou para Vinícius Araújo, que chegava desmarcado. Porém, o atacante não conseguiu alcançar. Aos 22, Willian fez cruzamento rasteiro pela direita da área, mas a bola bateu na ponta da chuteira de Marquinhos Pedroso e saiu para escanteio, evitando o que poderia ser o segundo gol celeste.


Os donos da casa pressionavam, enquanto os visitantes não conseguiam levar perigo à meta rival. Outra boa chance do Cruzeiro apareceu aos 25 minutos. Vinícius Araújo recebeu lançamento de Allano e ficou cara a cara com Alex Muralha. Contudo, acabou chutando em cima do arqueiro alvinegro.


Com as oportunidades criadas pela Raposa, o segundo gol era apenas uma questão de tempo e saiu com 28 jogados. Pará deu passe para Willian, que, da esquerda, invadiu a área, driblou os mascadores e bateu com categoria para ampliar o placar.


O Cruzeiro começou o segundo tempo ameaçando. Em bola levantada, Manoel cabeceou bem posicionado e, por pouco, não marcou o terceiro do jogo aos quatro minutos. Aos 11, Willian fez boa jogada e tocou para Allano na cara do gol, mas Alex Muralha abafou a finalização. Na sequência, Vinícius Araújo ficou com sobra após erro da defesa adversária e chutou para fora.


Como já era esperado, a equipe mineira aumentou a vantagem aos 15 minutos. Willian passou pelas costas do lateral, recebeu passe de Allano e fez cruzamento para Vinícius Araújo completar para o fundo do gol.


Apesar do domínio celeste, o Figueirense conseguiu descontar aos 20. João Vitor deu cavadinha para Marquinhos Pedroso, que aproveitou erro da defesa adversária para completar para dentro das redes e diminuir a vantagem da Raposa.


A Raposa não diminuiu o ritmo e decretou a goleada novamente com Willian, aos 26. O atacante recebeu passe de Marquinhos na entrada da área, driblou Muralha e bateu para balançar as redes. Três minutos depois, ele marcou seu quarto gol na partida. Marquinhos foi à linha de fundo e cruzou para o companheiro completar para o fundo da meta.


Mesmo com uma larga vantagem no placar, o time celeste continuou pressionando no restante do jogo, enquanto o Figueirense permanecia sem reação. Porém, os mineiros não conseguiram chegar ao sexto gol e pouparam os adversários de um vexame ainda maior.


FICHA TÉCNICA 
CRUZEIRO 5 X 1 FIGUEIRENSE


Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG) 
Data: 6 de setembro de 2015, domingo 
Horário: 11 horas (de Brasília) 
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA) 
Assistentes: Marcos Welb Rocha de Amorim (BA) e Jucimar dos Santos Dias (BA)


Cartões amarelos: Alex Muralha (Figueirense), Thiago Heleno (Figueirense), Sueliton (Figueirense), Bruno Alves (Figueirense)


Gols : 
CRUZEIRO: Willian, aos 3min e aos 28min do 1º tempo e aos 26min e aos 29min do 2º tempo; Vinícius Araújo, aos 15min do 2º tempo 
FIGUEIRENSE: Marquinhos Pedroso, aos 20min do 2º tempo


CRUZEIRO : Fábio; Ceará , Bruno Rodrigo, Manoel e Pará (Fabrício); Willians, Henrique e Ariel Cabral; Allano (Marquinhos), Willian e Vinícius Araújo (Marinho) 
Técnico: Mano Menezes


FIGUEIRENSE : Alex Muralha; Sueliton, Bruno Alves, Thiago Heleno e Marquinhos Pedroso; Denner, João Vitor, Fabinho e Rafael Bastos (Yago); Thiago Santana (Elias) e Clayton (Juninho) 
Técnico: René Simões

Fonte: correio do estado
Data Postagem: 06/09/2015
PUBLICIDADE