Segunda-Feira, 24 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Naviraí – Idoso quase perde mais de mil reais em golpe por telefone

A vitima se deslocou até o 1º DP (Delegacia de Polícia Civil), onde informou o caso.

Diariamente são divulgadas matérias falando sobre golpes por telefone, que sendo aplicados em todo o país, onde o golpista simula um falso seqüestro dizendo que está com alguém da família da vitima e pede algum tipo de resgate, ou usa do golpe do carro quebrado em rodovia e pede dinheiro para o conserto, ou se passando por uma emissora de TV dizendo para quem atendeu ao telefone ganhou um prêmio, e que para poder retirar o mesmo tem que fazer o deposito de certa quantia, entre outros golpes. 

Mesmo sendo divulgadas quase que diariamente matérias alertando sobre estes tipos de golpes, que na maioria das vezes são aplicados por detentos que cumpre pena em alguma penitenciaria do Brasil, muitas pessoas ainda são vitimas e acabam perdendo toda a economia em dinheiro que tem. 

Ontem (09), um senhor 76 anos, morador de Naviraí, quase foi mais uma vitima deste tipo de golpe. Ao receber uma ligação em seu celular, onde uma pessoa que se passava por um parente seu distante, disse que estava indo visitá-lo, porem no caminho o seu carro teria quebrado e ele teve que para em uma oficina mecânica na cidade de Itaquiraí. 

O golpista “suposto parente”, pediu para a vítima para que ele depositasse a quantia de R$ 1.500.00 reais, na conta em nome de Cicera Almeida, para seu carro fosse liberado da oficina. Acreditando que seria mesmo seu parente que estava precisando de ajuda, a vítima sacou o valor pedido e foi até uma casa lotérica efetuar o deposito. 

Ao tentar fazer o deposito, a vitima percebeu que o mesmo não estava dando certo, foi quando percebeu que estava preste a cair em um golpe. De imediato a vitima se deslocou até o 1º DP (Delegacia de Polícia Civil), onde informou o caso. 

A polícia recomenda que, para não cair no golpe, às recomendações são: avisar toda família do que vem ocorrendo, principalmente os familiares mais velhos, manter a calma acima de tudo, evitar aceitar ligações a cobrar, desligar o telefone imediatamente ao ouvir pedido de resgate e nunca forneça informações pessoais.

Fonte: tanamidia navirai
Data Postagem: 11/11/2015
PUBLICIDADE