Sábado, 29 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Turismo: 95% dos estrangeiros voltariam ao Brasil pela hospitalidade

Foram ouvidos 44.080 pessoas, mais de 10 mil turistas apenas durante a Copa

Os estrangeiros que visitaram o Brasil em 2014 pretendem voltar ao país não apenas pelo sol e as belezas naturais, mas principalmente pela forma acolhedora e simpática com que foram recebidos. Pesquisa feita pelo Ministério do Turismo em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) sobre o perfil do viajante estrangeiro que visitou o país no ano passado revela que 95,1% dos turistas estrangeiros voltariam ao país. Foram ouvidos 44.080 pessoas, mais de 10 mil turistas apenas durante a Copa do Mundo, em 15 aeroportos brasileiros e dez fronteiras terrestres.


A cidade onde a avaliação de hospitalidade teve grande destaque foi Belo Horizonte. Segundo a pesquisa, a acolhida dos mineiros foi bem avaliada por 97,6% dos turistas. Na sequência veio a gastronomia (97,5%). O levantamento revelou ainda que os argentinos continuam sendo os principais visitantes. Em 2014, 1,7 milhão conheceu as belezas do país. Em segundo lugar ficaram os norte-americanos, com 656,8 mil visitantes e, em terceiro, os chilenos, com 336,9 mil. Ao todo, 6,4 milhões de estrangeiros visitaram o Brasil.


A maioria dos turistas estrangeiros que esteve no Brasil em 2014 foi à procura de lazer: 54,7%. As viagens de negócios (21,9%) vieram em segundo lugar e a visita a amigos e parentes (20,9%) em terceiro. Eventos esportivos e musicais também chamam a atenção dos estrangeiros. Ao sediar a Copa do Mundo e eventos como o Rock in Rio e os Jogos Olímpicos, o país tende a se destacar e se tornar um destino cada vez mais desejado pelos estrangeiros”, afirmou o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves.


Os gastos dos visitantes em viagens de negócios e lazer subiram, sendo que, a lazer, atingiram o maior valor no ano passado. Em 2014, o gasto médio por dia nessas viagens foi US$ 86,96, contra US$ 68,55. No caso de visita de negócios, o aumento foi menor. Em 2013, os turistas gastaram US$ 102,18 e no ano passado, US$ 103, 06. Em Brasília, o gasto médio diário com lazer, por pessoa, foi o maior do país: US$ 139,91. Os gastos nas viagens a negócios foram maiores em São Paulo, com US$ 160 por dia.


A cidade preferida pelos estrangeiros foi o Rio de Janeiro. São Paulo aparece entre os três destinos mais visitados, ganhando posições ocupadas tradicionalmente por Florianópolis e Foz do Iguaçu (PR). Em 2014, 45,2% dos estrangeiros que visitaram o país a lazer estiveram no Rio de Janeiro, 19,4% em São Paulo e 14,6% em Florianópolis.

Fonte: correio do estado
Data Postagem: 22/11/2015
PUBLICIDADE