Terca-Feira, 25 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Preso, Delcídio deve pedir quebra de sigilo telefônico de filho de Cerveró

O senador está preso desde o dia 25 de novembro

Advogados do senador Delcídio do Amaral (PT), preso desde o dia 25 de novembro, articulam pedido de quebra de sigilo telefônico do filho do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, Bernardo. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (20) pelo jornal Folha de São Paulo.


O material vai compor a defesa do petista, a ser entregue no Supremo Federal Federal (STF), até a próxima segunda-feira. Bernardo foi o responsável por gravar a conversa que levou o parlamentar para a cadeia, em novembro.


A defesa quer mostrar que o filho de Cerveró manteve contato com os procuradores da Operação Lava Jato antes da prisão de Delcídio.


"Podemos e vamos pedir essa quebra. Quero saber como e quem industriou o Bernardo. Só o Supremo poderia autorizar [a gravação da reunião com Delcídio]", disse ao jornal o advogado Figueiredo Basto, que defende Delcídio. 


No áudio feito por pelo filho do ex-diretor da Petrobras, Delcídio indicou que poderia exercer influência em ministros do STF e garantir a liberdade de Cerveró. Além disso, ele ainda citou uma eventual rota de fuga para Cerveró, caso a Justiça não concedesse a liberdade.  

Fonte: correio do estado
Data Postagem: 20/01/2016
PUBLICIDADE