Terca-Feira, 25 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Candidatos já podem consultar primeira lista de aprovados no ProUni

O Ministério da Educação divulgou nesta segunda (25) a primeira chamada de pré-selecionados para o ProUni (Programa Universidade para Todos). Os candidatos podem conferir os resultados nositeprouni.mec.gov.br/, na central de atendimento (0800-616161) e nas instituições de ensino que fazem parte  do programa.


Veja Mais
› MEC divulga nesta segunda-feira pré-selecionados no ProUni
› ProUni divulga amanhã lista de pré-selecionados na primeira chamada


Neste ano, 203.602 bolsas de estudo foram ofertadas em universidades particulares. O número é 4% menor em relação ao ano passado, quando houve 213.113 bolsas no sistema, segundo o MEC. Já o número de cursos com bolsas disponíveis subiu de 30.549 para 30.931.


O candidato que foi convocado deve comprovar, até o dia 1º de fevereiro, as informações apresentadas no momento da inscrição. Cabe ao estudante verificar no site da universidade em que foi aprovado quais os horários e o local para a conferência dos dados. A perda do prazo ou a não-comprovação de informações acarretam a reprovação do candidato.


Se não houver abertura de turma no curso/turno em que o estudante foi selecionado, ele será reprovado e poderá tentar concorrer à chamada seguinte. Ou seja: só haverá bolsa para os cursos nos quais haja número suficiente de matriculados para a formação de uma classe inicial.


Algumas faculdades, além de exigirem a apresentação de documentos, também submetem os estudantes a um processo seletivo próprio, que não pode ser mais rigoroso do que o vestibular regular. Instituições de ensino que organizarem essa seleção extra não têm o direito de cobrar taxas. Elas devem explicar formalmente aos candidatos todos os detalhes do processo em até 24 horas a partir da divulgação da primeira chamada.


Segunda chamada


Conforme o cronograma, a segunda chamada será divulgada no dia 12 de fevereiro, e a comprovação das informações dos pré-selecionados nesta etapa deverá ser feita até 18 de fevereiro.


Quem não for pré-selecionado em nenhuma das duas chamadas poderá entrar na lista de espera, exclusivamente para o curso correspondente à primeira opção. O interesse em participar da lista de espera deve ser manifestado pelo candidato entre 26 a 29 de fevereiro de 2016, na página do ProUni.


Condições de participação no Prouni


Podem participar estudantes egressos do ensino médio da rede pública; estudantes egressos da rede particular, na condição de bolsistas integrais da própria escola; estudantes com deficiência e professores da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, integrantes de quadro de pessoal permanente de instituição pública. Neste último caso, não é necessário comprovar renda.


É necessário ter participado do Enem 2015 e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas do exame. Não é permitido se inscrever caso a nota da redação tenha sido zero.


Os estudantes serão classificados de acordo com as notas obtidas no Enem - e selecionados para apenas uma das opções de curso em que se inscreveram, respeitando a ordem de preferência. Em caso de empate, será classificado aquele com maior nota, nesta ordem: em redação, linguagens, matemática, ciências da natureza e ciências humanas.


Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.


Por meio do programa, estudantes concorrem a bolsas de estudos parciais e integrais em instituições particulares de educação superior, com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Nesta primeira edição de 2016, o programa ofertou 203.602 bolsas para 30.931 cursos.

Fonte: campo grande news
Data Postagem: 25/01/2016
PUBLICIDADE