Domingo, 23 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

São Paulo termina com zagueiro no gol, mas arranca 1 a 1 e pega Toluca nas oitavas

Novamente com um gol salvador do atacante argentino Calleri, o São Paulo conseguiu arrancar o empate por 1 a 1 com o The Strongest (BOL) na noite desta quinta-feira (21), em La Paz, e conseguiu a classificação para as oitavas de final da Libertadores.


Com o oitavo gol do camisa 12 são-paulino na competição, o time do Morumbi encerrou a fase de grupos na segunda colocação da Chave 1, com nove pontos, e avançou somente atrás do líder River Plate (ARG), que foi a 11 depois de bater o já eliminado Trujillanos (VEN) no mesmo horário.


Agora, os são-paulinos vão enfrentar o Toluca (MEX) na próxima fase do torneio. O primeiro jogo será no Morumbi e a partida de volta acontecerá no México. Os dias e os horários ainda serão definidos pela Conmebol.


No jogo, o São Paulo sentiu os efeitos da altitude e foi sufocado pelos donos da casa durante grande parte do jogo. Cristaldo, após falha do goleiro Denis, abriu o placar aos 28min do primeiro tempo.


Antes do intervalo, porém, Calleri aproveitou cobrança de escanteio e, de cabeça, selou o empate.


Nos acréscimos, Denis foi expulso por retardar o reinício de jogo e o zagueiro Maicon precisou atuar como goleiro até o apito final. Mas a equipe brasileira segurou o placar até o apito final.


O JOGO
O técnico Bauza surpreendeu ao deixar o meia Ganso no banco de reservas e optar por um meio de campo com três volantes (Thiago Mendes, Hudson e Wesley).


A proposta defensiva do São Paulo, no entanto, funcionou no começo de jogo. O time do Morumbi conseguiu suportar a pressão dos donos da casa e ainda armou alguns bons contra-ataques, principalmente, com Kelvin pelo lado direito.


Porém, com o decorrer do tempo, a equipe brasileira recuou muito as suas linhas de marcação e permitiu ao time boliviano trocar passes e fazer cruzamentos perto da sua grande área.


Como era esperado, por causa da altitude, os chutes de fora da área e as bolas aéreas foram as principais jogadas do The Strongest, que abriu o placar com Cristaldo, após falha do goleiro Denis em uma saída do gol, aos 28min.


Em desvantagem, o São Paulo buscou ter mais posse de bola e presença ofensiva, mesmo com todas as dificuldades na criação no meio de campo.


E conseguiu chegar ao empate antes do intervalo, quando Calleri aproveitou cobrança de escanteio e, de cabeça, fez 1 a 1. Foi o oitavo gol do atacante argentino na competição.


O São Paulo continuou muito recuado no segundo tempo e levou um sufoco com as bolas aéreas do The Strongest. Aos 7min, Matías Alonso perdeu gol feito na pequena área.


Pressionado, o time do Morumbi, já sem fôlego, não conseguia nem contra-atacar como havia feito na etapa inicial. Com isso, Caramelo, Ganso e Alan Kardec vieram a campo. Sem sucesso.


A equipe são-paulina levou pressão até o apito final. Mas graças aos erros nos passes e nas finalizações do time da casa, conseguiu manter o resultado que garantiu a classificação até o apito final.


Nos acréscimos, Denis foi expulso por retardar o reinício de jogo e o zagueiro Maicon precisou atuar como goleiro até o apito final. Chegou a fazer duas defesas em cruzamentos e ajudou a equipe brasileira a segurar o placar.

Fonte: correio do estado
Data Postagem: 22/04/2016
PUBLICIDADE