Quinta-Feira, 27 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Mega da Virada tem quatro ganhadores; cada bilhete pagará R$ 56,1 milhões

Os bilhetes sorteados são das cidades de Curitiba, Palotina (PR), Maceió e Teofilândia (BA)

O concurso 1.560 da Mega Sena da Virada, com prêmio de R$ 224,6 milhões, premiou quatro apostadores e teve as seguintes dezenas sorteadas: 30 - 47 - 53 - 38 - 20 - 36. Os bilhetes sorteados são das cidades de Curitiba, Palotina (PR), Maceió e Teofilândia (BA). 


Cada um dos quatro sortudos vai receber R$ 56.169.465,02, sendo que uma dessas apostas foi um bolão de 10 cotas (Palotina-PR). No caso do bolão, cada participante vai receber R$ 5.616.946, 50. Na segunda faixa de premiação, 1.147 apostadores acertaram cinco dezenas e vão levar R$ 38.701,20 cada, e 90.376 apostadores acertaram quatro dezenas, e vão receber R$ 701,67 cada.


As apostas para o sorteio mais esperado do ano foram encerradas às 14h de terça-feira (31) e arrecadaram, no total, R$ 758.218.978,00, de acordo com balanço divulgado na tarde de hoje pela Caixa Econômica Federal.


A Mega da Virada não acumula, e quando não há ganhadores acertando as seis dezenas, o prêmio é dividido entre os acertadores de cinco números. Se novamente não houver ganhadores, a divisão é feita entre os que acertaram a quadra, e assim por diante.


A Mega da Virada estreou em 2009 e, desde então, os prêmios milionários saíram para apostas de 13 cidades diferentes. Dessas, a única que já teve mais de um ganhador foi Brasília (DF), em 2009 e em 2011.


Até este ano, nenhuma aposta levou sozinha a bolada do prêmio especial. O maior prêmio já pago, de R$ 244,7 milhões, em 2012, foi dividido entre apostadores de São Paulo, Franca (SP) e Aparecida de Goiânia (GO).


Em 2011, o prêmio de R$ 177,6 milhões foi dividido pelo maior número de ganhadores da Mega da Virada: cinco bilhetes --Belém (PA), Brasília (DF), Carmo do Cajuru (MG), Mauá (SP) e Russas (CE).


De acordo com a Caixa, todos os bilhetes vencedores das quatro edições já realizadas acertaram as seis dezenas sorteadas em cada ocasião.


Para evitar problemas com as apostas, a partir de 2014 os bilhetes terão, no verso, um campo que deverá ser preenchido com o nome e o CPF do apostador. A ideia é evitar possíveis fraudes ou roubos de bilhete.


O mais recente caso envolvendo um jogo premiado provocou uma crise familiar em Ribeirão Preto (SP). José Agostinho dos Santos acusa o irmão, Rogério Agostinho dos Santos, de ter furtado o bilhete premiado.

Fonte: Uol
Data Postagem: 01/01/2014
PUBLICIDADE