Domingo, 23 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Morre aos 74 anos Muhammad Ali, o mito do boxe mundial

Faleceu no fim da noite desta sexta-feira nos Estados Unidos (já madrugada de sábado no Brasil) Muhammad Ali, considerado por muitos o maior boxeador de todos os tempos, a lenda do boxe mundial. Aos 74 anos, o ex-campeão mundial dos pesos-pesados perdeu para o Mal de Parkinson a luta mais difícil de sua vida, deixando para sempre um vazio no esporte. O falecimento do genial Ali foi confirmado por Bob Gunnell, porta-voz da família. Ele havia sido hospitalizado na última quinta-feira e morreu após problemas respiratórios.


“Depois de uma batalha de 32 anos contra a doença de Parkinson, Muhammad Ali faleceu com a idade de 74 anos. O tricampeão mundial dos pesos-pesados morreu esta noite. A família gostaria de agradecer a todos por seus pensamentos, orações e apoio, e pede privacidade neste momento”, informou Bob Gunnell.


Tão firme como aguentou as pancadas que levou dentro dos ringues sem nunca ter sofrido um nocaute na carreira, Muhammad Ali também suportou por décadas uma doença degenerativa que afeta os neurônios, o Mal de Parkinson. Derrotado pela paralisia após muitas lutas e vitórias na vida profissional e pessoal, essa lenda do boxe mundial tem seu nome eternamente gravado na história do esporte, seja por suas atitudes exemplares ou pelo seu cartel de campeão, com 57 vitórias, sendo 37 delas por nocaute, e 5 derrotas.


Nascido na cidade de Louisville, em Kentucky, nos Estados Unidos, com o nome de Cassius Marcellus Clay Jr, ele deu seus primeiros socos no boxe quando tinha 12 anos de idade, em 1954. Na época, teve sua bicicleta nova vermelha e branca, presente do pai, roubada. Ao com encontrar o policial Joe Martin, que também era treinador de boxe, disse que daria uma surra no ladrão e ouvi: “Antes disso, é melhor você aprender a boxear”. O garoto Cassius não perdeu tempo, e depois de seis meses treinando com Martin, venceu sua primeira luta de boxe.


A morte de Ali é destaque em todos os sites nacionais e internacionais pela história que construiu ao longo de sua carreira dentro e fora dos ringues. Em sua página no Facebook, com mais de 10 milhões de curtidas, brasileiros estão registrando comentários lamentando a morte do campeão. “Deus abençoe a família, o Brasil tá junto não acompanhei sua carreira pelo fato de ter simples 15 anos, mas meus avós acompanharam e admiravam. De mais, obrigado lenda, descanse!”, escreveu um jovem fã. A foto de Ali postada em que indica o tempo de vida dele já foi compartilhada mais de 519 mil vezes.


Muhammad Ali ganhou diversos prêmios e condecorações pelos seus feitos e foi eternizado em livros e filmes. O enorme legado que deixou, pode ser representado por algumas de suas frases inspiradoras.


“Eu odiava cada minuto dos treinos, mas dizia para mim mesmo: Não desista! Sofra agora e viva o resto de sua vida como um campeão.”


“Aquele que não tem coragem suficiente para aceitar riscos, não irá conquistar nada na vida.”


“Impossível é apenas uma grande palavra usada por gente fraca que prefere viver no mundo como está em vez de usar o poder que tem para mudá-lo. Impossível não é um fato, é uma opinião.”


“Impossível não é uma declaração, é um desafio. Impossível é hipotético. Impossível é temporário.”


“Quanto mais nós ajudamos os outros, mais nós ajudamos a nós mesmos.”


“Se minha mente pode conceber isso e meu coração pode acreditar, então eu posso alcançar isso.”

Fonte: portaldoms
Data Postagem: 04/06/2016
PUBLICIDADE