Quarta-Feira, 26 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Homem é achado morto com bilhete na boca e tensão aumenta em cidade

Rebelião em presídio e ataque a agente antecederam crime de hoje

Moradores de Naviraí, cidade que fica 359 quilômetros de Campo Grande, vivem clima de insegurança e medo nos últimos dias. Depois da rebelião que teve preso degolado e do ataque contra um agente penitenciário nesta semana, hoje pela manhã um homem foi encontrado morto. Ele estava amordaçado, com as mãos e pés amarrados e com um bilhete na boca.


De acordo com a Polícia Militar, o corpo do rapaz, que ainda não foi identificado, estava caído embaixo de uma árvore na Rua Ayrton Senna, no Jardim Paraíso. Moradores chamaram a polícia hoje pela manhã.


A suspeita é que o homem tenha sido morto asfixiado. Além das mãos e pés amarrados com um fio, um pano foi encontrado na boca do rapaz. Um bilhete foi achado pela perícia atrás da mordaça. O conteúdo escrito no papel ainda não foi revelado pela polícia.


MEDO


Desde o mês passado moradores de Navíraí temem pela segurança. No começo de agosto, rebelião no presídio da cidade terminou com dois detentos mortos, um deles foi degolado. Houve destruição na unidade e o motim só foi contido com a chegada do Batalhão de Choque de Campo Grande.


Na quarta-feira (31), agente penitenciário foi alvo de ataques de pistoleiros, no centro da cidade, e continua internado em estado grave em hospital de Dourados. Ele respira por aparelhos e não tem sensibilidade nas pernas


Dois dos três suspeitos de atacar o agente foram presos. Conforme a polícia, força-tarefa foi montada para esclarecer o caso.

Fonte: correio do estado
Data Postagem: 03/09/2016
PUBLICIDADE