Segunda-Feira, 24 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

2º dia tem futebol de cinco e muito atletismo nos Jogos

A Paralimpíada do Rio de Janeiro chega ao segundo dia com grandes destaques nesta sexta-feira. Após competirem pela primeira vez nos Jogos Paralímpicos de 2016 na quinta-feira, Daniel Dias, que ficou com o ouro nos 200m, e Terezinha Guilhermina voltarão a entrar em ação, respectivamente, no Estádio Aquático e no Estádio Olímpico. O nadador vai competir no revezamento 4x50m estilo livre misto e poderá lutar por medalha caso passe das eliminatórias. Ao seu lado estarão Clodoaldo Silva, Edenia Garcia e Joana Neves.


Já Terezinha Guilhermina participa dos 100m da classe T11: disputa semifinal e, se passar, luta pela medalha. Ainda no atletismo, Verônica Hypólito disputa a final dos 100m na categoria T38, onde terá ainda a companhia de Jenifer Santos.


Ainda na natação, André Brasil, dono de quatro ouros, fará sua primeira aparição nos Jogos. Será dia de estreia também para o futebol de cinco: os meninos do Brasil, que venceram três vezes na Paralimpíada, atuam no Centro Olímpico de Tênis contra o Marrocos logo pela manhã. Há destaques estrangeiros também, como Jonnie Peacock e Tatyana McFadden, da Grã-Bretanha, e dos Estados Unidos, respectivamente (confira em detalhes abaixo).


O Brasil participa ainda de disputas do ciclismo de pista, goalball, judô, remo, tiro esportivo, natação, tênis de mesa, vôlei sentado, basquete em cadeira de rodas e tênis em cadeira de rodas nesta sexta-feira (veja a programação no fim da matéria).


Invicto desde que a modalidade entrou para o programa da Paralimpíada em 2004, o time do Brasil de futebol de 5, praticado exclusivamente por cegos, inicia sua caminhada no Centro Olímpico de Tênis rumo ao tetracampeonato. Os brasileiros venceram em Atenas 2004; Pequim 2008; e Londres 2012. Portanto, são os únicos a conquistarem medalhas de ouro nesse esporte na história. Os donos da casa atuam contra o Marrocos, em jogo válido pelo Grupo A. O jogo será às 8h (MS).


Principal nome do atletismo feminino do Brasil, a velocista Terezinha Guilhermina se classificou para as semifinais dos 100m rasos na categoria T11 nesta quinta-feira ao lado de seu guia Rafael Lazarini. Ela perdeu apenas para a chinesa Ciuqing Liu, atual campeã mundial, sua grande adversária. Agora, voltará a competir nesta sexta-feira em busca de uma vaga na decisão. Caso avance na prova, que será disputada às 10h50 (MS), briga pela medalha mais tarde, às 17h45 (MS), provavelmente contra a atleta da China.


Outro destaque é Verônica Hypólito, que vai disputar a final dos 100m na categoria T38, onde terá ainda a companhia de Jenifer Santos. A jovem de 20 anos foi um dos destaques desta quinta-feira ao se classificar em primeiro lugar nas eliminatórias e ainda quebrar o recorde paralímpico com o tempo de 12s84. As emoções do atletismo ocorre de 9h às 12h (MS) e, mais tarde, de 16h às 19h45.


Atual recordista mundial nos 50, 100 e 800 metros estilo livre e nos 50 e 100 metros borboleta, André Brasil, de 32 anos, fará sua estreia na Paralimpíada do Rio de Janeiro. Nadando em casa, o carioca, que tem quatro medalhas de ouro e uma de prata nos Jogos, vai competir na bateria 3 da modalidade 50m estilo livre masculino, na categoria S10, às 9h12, no Estádio Aquático. A natação ocorre das 8h30 às 10h45 (MS). Caso passe, André luta pela medalha às 17h45.


Além dele, vale destacar o maior atleta paralímpico do Brasil, Daniel Dias, que conquistou o ouro nos 200m livre nesta quinta, e volta a competir no 4x50m estilo livre misto (20 pontos), cujas eliminatórias são às 10h41, e as finais, às 19h43. Ao seu lado, estarão, além de Edenia Garcia e Joana Maria Silva, o veterano Clodoaldo Silva, de 37 anos, atleta que acendeu a pira na cerimônia de abertura e possui seis ouros, cinco pratas e dois bronzes paralímpicos.

Fonte: douradosnews
Data Postagem: 09/09/2016
PUBLICIDADE