Sexta-Feira, 28 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Cinco candidatos a vereador são suspeitos de compra de votos

Cinco candidatos que concorreram ao cargo de vereador, sendo um reeleito como segundo mais votado, no município de Naviraí, a 366 km de Campo Grande, são investigados pelo MPE (Ministério Público Estadual) por suspeita de compra de votos. A decisão foi publicada no Diário Oficial do órgão desta quarta-feira (19).


Veja Mais
› Izauri do DEM faz 76% dos votos e se elege em Naviraí 
› Identificado homem assassinado após sair de presídio em Naviraí


O promotor de justiça eleitoral Daniel Pívaro Stadniky decidiu abrir procedimentos preparatórios eleitorais para apurar a notícia de que seis pessoas, cinco candidatos a vaga na Câmara, sendo um reeleito, teriam “praticado a conduta de captação ilícita de sufrágio”, a compra de voto, durante o pleito deste ano.


Os cinco candidatos investigados são Ozeas Tavares Da Silva (PEN), Salem Salem (PSB), João Guedes (PSDB), Vera Zezak Braga (PSD) e Márcio André Scarlassara, o Márcio Araguaia (PSB), que foi reeleito com 819 votos, segundo mais votado do município.


O vereador Márcio Araguaia diz não ter conhecimento sobre denúncia ou informação de que tenha feito compra de votos e que só vai se pronunciar após ser notificado pelo MPE. A reportagem do Campo Grande News tentou entrar em contato com os outros citados, mas não obteve resposta.


A reportagem também falou com o promotor Daniel Pívaro Stadniky, que não autorizou a publicação de trechos da conversa.


O próximo passo do procedimento é a notificação dos citados para esclarecimentos junto à 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Naviraí.

Fonte: campograndenews
Data Postagem: 19/10/2016
PUBLICIDADE