Domingo, 30 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

CAMPEONATO BRASILEIROComercial e Operário iniciam planejamento com mudanças para próxima temporada

Donos da maior rivalidade do futebol sul-mato-grossense, Comercial e Operário anunciaram ontem novidades para a próxima temporada, em dois importantes departamentos do clube. Ex-diretor do Cene, Paulo Telles chega para assumir a gerência do futebol da equipe colorada. No Galo, Orlando Arnoud Junior, que estava no Ituano (SP), tem a missão de alavancar o marketing do clube e trazer o torcedor de volta aos estádios.


Durante coletiva de imprensa em Campo Grande, ontem, Orlando Arnoud explicou que o futebol moderno exige um planejamento profissional dos clubes. “Venho para fortalecer a marca Operário, atrair o torcedor. Quem consome o futebol é a torcida ”, disse o gestor.


Para ele, a baixa média de público nos campeonatos regionais reflete a situação do futebol brasileiro. No Sul-mato-grossense 2016 houve partida com 72 pagantes. “ É a realidade no país, mas vamos mudar isso com planejamento e ter pelo menos cinco mil torcedores por partida”, estipula.


Uma das mudanças será o formato do programa sócio torcedor. Com a falta de partidas no segundo semestre, a ideia é compensar o torcedor fidelizado com outros benefícios. Dentre os quais descontos em lojas, academias e salão de beleza para as mulheres.


Outra novidade para 2017 será a aproximação com o público jovem para a formação de uma nova geração de torcedores. “Vamos trabalhar com cota gratuita (de ingressos) para alunos da rede de ensino, visitar as escolas e até levar o mascote do Galo”, disse.


Para que o planejamento alvinegro dê certo, o presidente Estevão Petrallas voltou a cobrar pela liberação do estádio Morenão, que precisa passar por obras de segurança. O serviço ainda não começou por falta de assinatura de documento - a UFMS passa por transição com a troca de reitor.


COLORADO


A diretoria do Comercial anunciou ontem, a primeira contratação para 2017.  Paulo Telles comandará o departamento de futebol colorado. A mudança faz parte da reestruturação realizada no clube, nos últimos anos.


“Conversei com o presidente (Valter Mangini), que mostrou o organograma do time, o projeto. O que nos motivou é a projeção que o clube quer profissionalizando todos os setores, cada departamento”, comentou Telles.


O dirigente tem a experiência de seis títulos com o Cene, além de boas campanhas na Copa do Brasil e nos Brasileiros das Séries C e D.


“Acredito que vamos conquistar nossas metas, retomar o título perdido em 2016 e buscar o acesso à Série C (do Brasileiro), no ano que vem”, concluiu.

Fonte: correio do estado
Data Postagem: 25/11/2016
PUBLICIDADE