Segunda-Feira, 24 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

Presidente confirma que Chape será declarada campeã da Sul-Americana

Pouco após o fim do emocionante velório realizado na Arena Condá, o presidente em exercício da Chapecoense, Ivan Tozzo, confirmou que a Conmebol vai declarar a equipe catarinense como campeã da Copa Sul-Americana. Segundo ele, a entidade pagará dois milhões de dólares ao clube, valor que é dado ao campeão da competição. A informação já tinha sido adiantada pelo GloboEsporte.com na quinta-feira passada.


"Sim, a Conmebol vai declarar a Chapecoense como campeã da Copa Sul-Americana. Inclusive a Chapecoense já vai receber a premiação de US$ 2 milhões (R$ 6,9 milhões) pelo campeonato. Já está tudo confirmado. Não sei se vai ter cerimônia para receber a taça de campeão".


De acordo com Tozzo, a partir de segunda-feira começa a fase de reconstrução da Chapecoense. Segundo ele, terminada a etapa de confortar os familiares, agora chega o momento de realizar o planejamento para o ano que vem.


"Nesse momento nós estamos começando a reconstrução do time. As pessoas querem futebol, as pessoas amam futebol em Chapecó. E a grande alegria da nossa cidade do oeste catarinense no futebol é a Chapecoense. Então temos que dar continuidade a isso, vamos conversar e acertar, deixar baixar a poeira, e vamos reconstruir o time para o ano que vem".


O presidente em exercício do clube do oeste de Santa Catarina agradeceu ao apoio de todos, em especial do povo colombiano. Tozzo diz acreditar que a população de Chapecó terá grande participação na ajuda ao clube e que a torcida irá abraçar a causa.


"A gente está recebendo apoio de todas as federações, CBF, Conmebol, Fifa e, principalmente, do povo de Chapecó. Tenho certeza que o povo de Chapecó vai abraçar a causa e todo mundo vai ajudar. Tivemos apoio de pessoas de fora, dos clubes ajudando. Primeiro foi aquela meta de confortar a família. Agora, a segunda meta, a partir da semana que vem, é começar a pensar e fazer planejamento".

Fonte: correio do estado
Data Postagem: 05/12/2016
PUBLICIDADE