Quarta-Feira, 26 de Abril de 2017 | E-mail para contato: contato@nvnoticias.com.br

FUTEBOLAcabou o descanso: Ceni mescla São Paulo pela última vez contra Linense

Rogério Ceni escalou 29 jogadores até aqui no Campeonato Paulista. Mesclou, experimentou, poupou, planejou escalações para duas ou três partidas em sequência. Contra o Linense, neste sábado, no Morumbi, isso deve acontecer pela última vez nas próximas semanas.


A equipe titular certamente será bastante diferente da que empatou sem gols com o Defensa y Justicia, na estreia da Copa Sul-Americana, na última quarta-feira. Ceni deverá escalar a maioria de atletas que nem viajaram para a Argentina ou ficaram no banco. Casos de Renan Ribeiro, Maicon, Junior Tavares, Thiago Mendes, Cícero, Luiz Araújo e Gilberto, por exemplo.


A meta não é apenas conseguir a classificação para a semifinal do Campeonato Paulista. Por ter vencido o Linense no último domingo, também no Morumbi, o Tricolor pode até perder por um gol de diferença, e ainda assim avançará. Mas Ceni quer a vitória, já que o acúmulo de pontos serve para definir adversários e ordem do mando de campo nas próximas fases – semifinais e final.


Se conseguir a vaga, o técnico terá jogos consecutivos a partir do dia 13 de abril. E nada de poupados. Os melhores serão escalados. Por que a mudança?


Pela junção de duas razões óbvias: importância dos confrontos e alto nível dos adversários. Nos dias 13 e 19, o São Paulo enfrentará o Cruzeiro, pela quarta fase da Copa do Brasil (primeiro no Morumbi, depois no Mineirão). Nos dois finais de semana seguintes a esses jogos, serão disputadas as semifinais do Paulistão.


Pelo menos nos próximos sete dias, Rogério não terá a volta de nenhum dos machucados. O maior desfalque é o peruano Cueva, mais talentoso jogador da equipe. Além dele, estão no departamento médico o lateral-esquerdo Edimar, que ainda nem estreou, e outros três que não podem mais jogar no estadual, mas serão aproveitados na Copa do Brasil e na Sul-Americana: o goleiro Sidão, o lateral-direito Bruno e o meia Lucas Fernandes.


Na manhã desta sexta-feira, Rogério Ceni vai definir, no único treino para o jogo de sábado, a escalação para tentar a vitória e a vaga. A atividade não terá a presença dos jornalistas.


 

Fonte: correio do estado
Data Postagem: 08/04/2017
PUBLICIDADE